SISTEMA ESTERNOPLAN ENGIMPLAN OFERECE INÚMEROS BENEFÍCIOS PARA OS PACIENTES, CIRURGIÕES E HOSPITAIS

Reconhecido pela sua eficácia na estabilização toráxica quando da fixação rígida do esterno, o Sistema Esternoplan Engimplan oferece diversos benefícios únicos para os pacientes. Além disso, a inovação do sistema também beneficia os cirurgiões responsáveis pelo procedimento e até mesmo os hospitais. Confira:

BENEFÍCIOS AO PACIENTE

– Muito menos tempo de hospital e de recuperação. Uma vez que, com o uso da placa, a consolidação óssea ocorre muito mais rapidamente;

– O paciente não tem a sensação de ossos raspando como ocorre quando do uso do fio de aço inoxidável;

– É muito menos doloroso ao tossir, já que o esterno está rigidamente fixado.

– A estética de consolidação óssea é muito melhor com a placa do que com os fios de aço inoxidável, pois, com a utilização do sistema rígido as duas partes do esterno permanecem alinhadas entre si;

– O paciente consegue fazer alguns movimentos naturais como levantar-se com auxílio dos braços com pouca ou nenhuma dor, uma vez que as partes do esterno estão rigidamente fixadas entre si;

– Menos medicamentos e menor risco de infecção hospitalar ao paciente;

– Melhora a autoestima e dignidade do paciente por torna-lo mais independente;

– Nenhum risco de mediatinite.

BENEFÍCIOS AO CIRURGIÃO

– Com a placa Esternoplan a calcificação do esterno ocorre muito mais rapidamente, porque como a fixação é rígida não há movimento entre as partes do osso do Esterno. Assim, a calosidade óssea que se inicia não será rompida pelo movimento entre as partes do Esterno;

– Melhora a cicatrização e osteointegração do esterno;

– O risco de infecção hospitalar diminui muito se comparado ao fio de aço, pois sendo o tempo de cicatrização e calcificação menor, o tempo de internação hospitalar também é menor;

– O risco de mediastinite tende a zero porque não há possibilidade de perfurar o mediastino com os parafusos da placa, enquanto que com o fio de aço este risco existe;

– O paciente poderá fazer ressonância magnética porque a placa e parafusos são fabricados de titânio puro, grau 2, enquanto que esse procedimento não é recomendado para implantes de aço inoxidável (esternorrafia);

– Fácil implantação das placas e parafusos, pois as placas são moldáveis e os parafusos são auto-macheantes;

– Em caso de emergência ou re-operação a reabertura do esterno é muito simples, basta retirar a trava que separa as duas metades da placa. Este procedimento pode ser feito com um instrumental especifico que está à disposição do cirurgião dentro da caixa de instrumentais ou por qualquer pinça tipo Kocher ou similar;

– Aumento significativo da estabilidade do esterno;

– Não há necessidade furar ou rasgar o esterno, exceto os furos dos próprios parafusos;

– O ato cirúrgico para colocação da placa é muito menos agressiva ao paciente, se comparada à utilização do fio de aço inoxidável;

– Casos como osteoporose acentuada ou obesidade mórbida a indicação do sistema de fixação rígida de esterno é bastante precisa e praticamente única;

– Há vários estudos que indicam os fatores de riscos, que quando somatizados sugerem a utilização deste produto. Podem ser citados: pacientes com osteomielite, desde que tenha onde e como fixar os parafusos para as placas de esterno; reconstrução de esterno multi fragmentado; deiscência de sutura; mediastinite aguda; entre outras indicações.

BENEFÍCIOS AO HOSPITAL

– Diminui o tempo de hotelaria, pois a alta do paciente, sendo mais rápida, aumenta a rotação de pacientes na UTI e nos quartos do hospital;

– Diminui gastos com medicamentos;

– Diminui gastos com lavanderia;

– Diminui gastos com funcionários;

– Aumenta a produtividade do hospital;

– Aumenta o lucro do hospital.

Para saber mais sobre o Sistema Esternoplan Engimplan, acesse:

http://www.engimplan.com.br/DetalhesProduto?slug=Esternoplan

ESTERNOPLAN ENGIMPLAN SYSTEM OFFERS BENEFITS FOR PATIENTS, SURGERIES AND HOSPITALS

Recognized for its effectiveness in chest stabilization when rigid sternum fixation, the Esternoplan Engimplan System offers several unique benefits for patients. In addition, the system’s innovation also benefits surgeons responsible for the procedure and even hospitals. Check out:

PATIENT BENEFITS

  • Much less hospital and recovery time. Since, with the use of plaque, bone healing occurs much more quickly;
  • The patient does not have the sensation of scraping bones as occurs when using stainless steel wire;
  • It is much less painful when coughing, since the sternum is rigidly fixed.
  • The aesthetics of bone healing is much better with the plate than with the stainless steel wires, because with the use of the rigid system the two parts of the sternum remain aligned with each other;
  • The patient can make some natural movements such as getting up with the aid of the arms with little or no pain, since the parts of the sternum are rigidly fixed together.
  • Less medication and less risk of hospital infection to the patient;
  • Improves the patient’s self-esteem and dignity by making him more independent;
  • No risk of mediastinitis.

BENEFITS TO THE SURGEON

  • With the Esternoplan plate, calcification of the sternum occurs much more quickly, because as the fixation is rigid, there is no movement between the parts of the Sternum bone. Thus, the bone callus that begins will not be broken by the movement between the parts of the Sternum;
  • Improves healing and osteointegration of the sternum;
  • The risk of nosocomial infection decreases a lot when compared to steel wire, since the healing and calcification time is shorter, the hospital stay is also shorter;
  • The risk of mediastinitis tends to zero because there is no possibility of perforating the mediastinum with the screws of the plate, while with the steel wire this risk exists;
  • The patient will be able to do magnetic resonance because the plate and screws are made of grade 2 pure titanium, whereas this procedure is not recommended for stainless steel implants (sternorrhaphy);
  • Easy implantation of the plates and screws, since the plates are moldable and the screws are self-machining;
  • In case of emergency or re-operation the reopening of the sternum is very simple, just remove the lock that separates the two halves of the plate. This procedure can be done with a specific instrument that is available to the surgeon inside the instrument box or by any type of Kocher forceps or similar;
  • Significant increase in sternum stability;
  • There is no need to drill or tear the sternum, except for the holes of the screws themselves;
  • The surgical procedure for placing the plate is much less aggressive to the patient, when compared to the use of stainless steel wire;
  • Cases such as severe osteoporosis or morbid obesity, the indication of the rigid sternum fixation system is very precise and practically unique;
  • There are several studies that indicate the risk factors, which when added together suggest the use of this product. The following can be mentioned: patients with osteomyelitis, as long as they have where and how to fix the screws for the sternum plates; reconstruction of a multi-fragmented sternum; suture dehiscence; acute mediastinitis; among other indications.

HOSPITAL BENEFITS

  • It decreases the hospitality time, since the discharge of the patient, being faster, increases the rotation of patients in the ICU and in the hospital rooms;
  • Decreases spending on medicines;
  • Decreases laundry expenses;
  • Decreases employee expenses;
  • Increases hospital productivity;
  • Increases the hospital’s profit.

To learn more about the Engimplan Esternoplan System, visit:

http://www.engimplan.com.br/DetalhesProduto?slug=Esternoplan

Comentários

Comentários